Agora

Edital Centelha vai investir R$ 3 milhões em ideias inovadoras de toda a Bahia

 


Em sua segunda edição, programa quase dobra investimento e prevê mais de R$ 60 mil para cada projeto selecionado

Quando o assunto é inovação, o povo baiano é destaque. Pensando nesse potencial criativo, o Governo do Estado, através da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), lança mais um edital milionário para fomentar ideias inovadoras por toda a Bahia. O lançamento da segunda edição do Programa Centelha acontece na próxima quarta-feira (9), às 15h, com transmissão pelo Canal do YouTube da Fapesb. Na primeira edição, em 2019, foram mais de duas mil ideias inovadoras inscritas no programa, totalizando um investimento de R$ 1,6 milhão, distribuídos em quase 30 startups. Desta vez, o incentivo é ainda maior, com recursos na casa dos R$ 3 milhões. 


O diretor Geral da Fapesb, Márcio Costa, comemorou o lançamento de mais um edital voltado para o fomento de novos projetos. “A nova edição do Edital Centelha reafirma o compromisso da Fapesb e instituições parceiras de dar continuidade às ações de indução da criação de negócios a partir de ideias inovadoras, de modo a potencializar o fomento à cultura do empreendedorismo inovador e fortalecer o ecossistema de inovação por toda a Bahia, contribuindo assim para a sustentabilidade do desenvolvimento econômico e social do nosso estado”, afirma.

O Centelha II prevê investir mais de R$ 60 mil em cada ideia inovadora que for selecionada. O objetivo é dar continuidade e impulsionar pelo menos 50 projetos baianos. A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mara Souza, relembra o sucesso do último edital. “Quando lançamos a primeira edição deste programa, tivemos uma resposta extremamente positiva, que colocou a Bahia em destaque como um dos estados que mais teve propostas submetidas neste edital. Tivemos projetos espalhados em diversos municípios, reafirmando a capacidade criatividade do nosso povo. Esta é uma das maneiras que trabalhamos para continuar transformando ideias de negócios em projetos de sucesso”, destaca. 

Na Bahia, a execução do Programa Centelha é da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapesb), que é vinculada à Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), enquanto no âmbito federal fica por conta da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). São também apoiadores o Conselho das Fundações de Amparo (Confap), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e a Fundação CERTI.

SERVIÇO 

O que: Lançamento do Centelha Bahia 2
Quando: quarta-feira, dia 9/3, às 15h

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem