Agora

Projeto registra saber-fazer cerâmico tradicional dos indígenas Kiriris

 


No povoado do Pontilhão de Canavieiras, vivem há 28 anos, juntamente com habitantes jacobineses, os indígenas Kiriris, oriundos da região de Ribeira do Pombal, Bahia e durante o mês de janeiro mostraram seu trabalho com a cerâmica para a realização do projeto “Cerâmica dos Kiriris: reconhecimento e tradição”. As fotografias e textos serão divulgados a partir de 14 de fevereiro no Instagram @kiriris.jacobina. Um minidocumentário também foi produzido e terá sua estreia no canal do Youtube “Povos Kiriris” no dia 10 de março.

O projeto tem a finalidade de registrar, através de fotografias e um minidocumentário o saber-fazer cerâmico tradicional de seus ancestrais, o seu cotidiano e as adversidades de uma comunidade indígena próximo ao meio urbano e distante de sua aldeia, localizada hoje em Banzaê, Bahia.

A iniciativa tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura (Prêmio Cultura na Palma da Mão) via Lei Aldir Blanc, redirecionada pela Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Prêmio Cultura na Palma da Mão – A convocatória foi elaborada para a execução dos recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc, redirecionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. É voltado para iniciativas culturais das categorias Difusão Artística; Culturas Periféricas; Culturas Rurais; Memória e Tradições; Cultura LGBTQIA+, que devem utilizar as redes sociais ou plataformas de streaming para realização das propostas.


Fonte: Secult Bahia

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem