14 de nov. de 2021

#TerradeLucasInformação - Como os benefícios flexíveis podem atrair talentos

 


Eduardo del Giglio, cofundador e CEO da Caju | Foto: divulgação


Neste episódio da terceira temporada do podcast MVP, Eduardo del Giglio, cofundador e CEO da Caju, fala sobre o mercado de benefícios corporativos, o modelo de negócio da startup e traz dicas de como conquistar clientes e atrair o olhar de investidores. Confira!


Nos últimos meses, uma tendência tem ganhado força no mercado de trabalho: a oferta de benefícios flexíveis aos funcionários

Como assim? Na prática, o empregado recebe o valor mensal e monta a sua própria cesta de benefício de acordo com suas necessidades. Ou seja, pode trocar vale-refeição por vale-alimentação ou por vale-cultura e assim por diante.


A prática ficou popular com a chegada da pandemia de coronavírus. Afinal, com tanta gente em home office, a área de recursos humanos teve que adaptar os benefícios corporativos. Foi uma forma de atrair e reter talentos.

Mas, nesta história, outro fator tem chamado a atenção: a oportunidade para as startups. É o caso da Caju. Fundada por Eduardo del Giglio, a empresa que disponibiliza benefícios flexíveis, chamou a atenção de investidores. Recentemente, recebeu o aporte de R$ 45 milhões.

E neste podcast, que marca o retorno do nosso podcast MVP, as jornalistas Sabrina Bezerra e Tainá Freitas recebem Eduardo del Giglio, cofundador e CEO da Caju. Eles conversam sobre o mercado de benefícios corporativos, o modelo de negócio da startup, como conquistar clientes e atrair o olhar de investidores e muito mais. Ouça abaixo!

Por Sabrina Bezerra e Tainá Freitas

Fonte: StartSe


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

Livro barato é no SubMarino