Agora

Projeto reúne gerações de mulheres do Samba da Bahia



Mestras do Samba da Bahia participam a partir desta sexta-feira, 11, e na próxima quarta, 16, de encontros virtuais com a nova geração de mulheres do samba durante o projeto "De Umbigo a Umbigo", no Instagram @yayamassemba. A culminância do projeto será uma live transmitida no dia 25 de fevereiro com o grupo de mulheres Yayá Massemba, composta por musicistas que residem no Vale do Capão - BA. 


Se conectar de umbigo a umbigo com sua ancestralidade é alimentar a alma, brincando e cantando junto com o ritmo dos tambores que vibra nos corações. A umbigada é uma dança afro-brasileira que conecta as pessoas com a essência que vem do ventre, unindo através de um impacto, umbigo a umbigo dos dançantes. De umbigo a umbigo, há um cordão de gerações. 

Por este motivo, o projeto busca homenagear e reverenciar a história de Mestras Guardiãs do Samba de Roda e Samba Chula ao promover encontros de gerações, fortalecendo assim a produção das mulheres da música baiana ao reconhecer suas vivências, desafios, manutenção de tradições e empoderamento. 

A primeira live a ser transmitida no instagram da banda Yayá Massemba (@yayamassemba), no dia 11/02, às 20h, será com Mestra Bete (@donabetecultura), sambadeira, Mestra da Quadrilha Junina e da Chegança de Mulheres de Arembepe - BA. Já no dia 16/02, 20h, o encontro é com Mestra Aurinda do Prato (@mestraaurindadoprato), sambadeira, mãe de santo, artesã e filha da Gamboa, da Ilha de Vera Cruz - BA. 

A transmissão da live-show no dia 25/02, 20h, através do canal no YouTube da Yayá Massemba, traz no seu repertório 12 composições de autoria da banda que contam histórias de mulheres no samba e no axé, além de poesias e dança. Duas dessas canções homenageiam Mestra Aurinda do Prato e Mestre Bete, que também fazem participações virtuais no show, além da presença das Sambadeiras do Vale do Capão, mulheres negras que resgatam o samba de roda na Chapada Diamantina. 

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura (Prêmio Cultura na Palma da Mão/PABB) via Lei Aldir Blanc, redirecionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. 

Prêmio Cultura na Palma da Mão - A convocatória foi elaborada para a execução dos recursos remanescentes da LeiAldir Blanc, redirecionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministériodo Turismo, Governo Federal. É voltado para iniciativas culturais dascategorias Difusão Artística; Culturas Periféricas; Culturas Rurais; Memória eTradições; Cultura LGBTQIA+, que devem utilizar as redes sociais ou plataformasde streaming para realização das propostas. 

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem