Agora

Projeto “Angoleiras e a Rua”promove oficinas com capoeiristas frequentadoras de rodas de rua

 


O projeto “Angoleiras e a Rua” valoriza, impulsiona e divulga mulheres capoeiristas a partir da visão de seis angoleiras de diferentes origens que fortaleceram suas experiências e atuações participando de rodas de rua. A iniciativa promove oficinas com capoeiristas frequentadoras de rodas de rua, que ocorrerão via Google Meet, sempre às terças-feiras, entre 15 de fevereiro e 08 de março, às 20h. Serão oferecidas quatro oficinas abertas ao público e transmitidas ao vivo pelo canal do YouTube do projeto.



 

As inscrições para o evento acontecem através de formulário online disponibilizado nas redes sociais do projeto, @angoleiras.ea.rua, e neste link 


(FORMULÁRIO)

 

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura (Prêmio Cultura na Palma da Mão / PABB) via Lei Aldir Blanc, redirecionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

 

Prêmio Cultura na Palma da Mão – A convocatória foi elaborada para a execução dos recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc, redirecionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. É voltado para iniciativas culturais das categorias Difusão Artística; Culturas Periféricas; Culturas Rurais; Memória e Tradições; Cultura LGBTQIA+, que devem utilizar as redes sociais ou plataformas de streaming para realização das propostas.


Fonte: Secult Bahia

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem