Agora

Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia abre inscrições

 

Grupo Barlavento 2021 | Foto: Divulgação

Os 20 anos do Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia serão celebrados com a realização do festival de 20 a 22 de maio, ao vivo, online, a partir das 17h, direto da Fábrica Cultural - Mercado IAÔ, na Ribeira. A diretora geral do Festival de Rua, produtora cultural Selma Santos,  informa que para a edição deste ano as inscrições estão abertas de 20/02 a 15/03/2022 pelo site www.festivalderua.com. 


Podem participar espetáculos nas áreas de música, mímica, acrobacia, comédia, ilusionismo, dança, teatro, poesia e artes plásticas. São exigidos:

·         Performances de alta qualidade e profissionalismo nas apresentações;
·     Espetáculos com poucos protagonistas e de curta duração;

·         Performances com caráter de show de rua, com nenhuma ou pouca necessidade técnica (som, iluminação); 

·         Funcionando sem palco, na rua;

O Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia é uma produção da Selma Santos Produções e conta com o apoio da Fábrica Cultural - Mercado IAÔ, Da TVE Bahia e da Rádio Educadora da Bahia. Apoio Financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura.

Fundo de Cultura da Bahia (FCBA) - Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura em articulação com as Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, geralmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. Modelo de referência para outros estados da federação, o FCBA está estruturado em quatro linhas de apoio: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Cultural; Fomento Setorial.


Fonte: Secult Bahia

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem