Agora

Em fevereiro, Funceb exibe na TVE seis filmes contemplados no Prêmio de Exibição Audiovisual

 

Foto: Divulgação

A Fundação Cultural do Estado da Bahia exibirá, durante o mês de fevereiro, seis produções audiovisuais contempladas do Prêmio de Exibição Audiovisual (Programa Aldir Blanc) na TV Educativa da Bahia.  A exibição é fruto de parceria entre a Funceb e o Irdeb (Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia), por meio da Diretoria de Audiovisual (Dimas/Funceb).


A premiação contemplou 18 curta-metragens, 25 longa-metragens, 10 séries e 7 telefilmes, totalizando 60 produções. O público poderá acompanhar a programação da TV Educativa na TV aberta ou no site.

 

Confira a programação de fevereiro:

 

A Chave (2ª temporada)

Quando: segunda a sexta-feira, às 18h

Sinopse: Fundamentais nas formações sociais e profissionais, os professores são os protagonistas da segunda temporada de A Chave, série que aborda o universo da educação no Brasil. A Chave 2ª temporada acompanha, a cada episódio, a trajetória de educadores, em diferentes localidades, e retrata os desafios, escolhas, e rotina dos docentes. São 15 episódios e mais de 30 histórias que vão da educação indígena à diversidade de gênero, além de abordar a reinserção de presidiários e os desafios da educação rural.

 

Depois da Chuva

Quando: 5 de fevereiro (sábado), às 22h30

Sinopse: De inspiração autobiográfica, o roteiro de Cláudio Marques traz Caio (Pedro Maia), um adolescente de espírito libertário que vive seu despertar político e amoroso no momento em que a população brasileira experimenta a euforia do término da ditadura e a esperança de assumir as rédeas do país. A trama procura trazer a atmosfera dos anos 80, marcados pelo começo da epidemia da Aids, pela força do punk-rock e pela ameaça de uma guerra nuclear. Junto à tensão política, esses elementos compõem o pano de fundo dessa narrativa, que apresenta experiências atemporais da juventude, sendo capaz de dialogar com os mais variados públicos

 

Água de Meninos - A feira do Cinema Novo

Quando: 12 de fevereiro (sábado), às 22h30

Sinopse: Retratar costumes da sociedade soteropolitana ligados à feira livre, fazer uma retrospectiva dos últimos 50 anos do maior mercado a céu aberto da Bahia e conduzir o espectador numa narrativa histórica, revelando a luta do feirante em imagens. Estes são alguns objetivos do documentário Água de Meninos – A Feira do Cinema Novo, da cineasta e roteirista Fabíola Aquino, que conta com participação especial do ator Antonio Pitanga.  

 

Trampolim do Forte

Quando: 19 de fevereiro (sábado), às 22h30

Sinopse: A praia do Porto da Barra é o cenário do encontro de meninos que saltam de pedras para mergulhar no mar. Enquanto trabalham nas ruas, são convidados a aceitar tarefas ilegais e convivem com uma dura realidade.

 

Poesia Azeviche

Quando: 25 de fevereiro (sexta-feira), às 20h

Quando: Símbolo de resistência e luta do povo negro, há 41 anos os blocos Afros arrastam milhares de pessoas pelas ruas de Salvador, preenchendo o carnaval baiano de cores, dança, vozes e batuques: sua marca registrada. O documentário de curta metragem, retrata esse contexto histórico, através das memórias de compositores dos blocos-afros tradicionais da Bahia da década de 70 aos anos 90. Estes artistas, letristas de importantes blocos como Ilê Aiyê (1974), Malê Debalê (1978), Olodum (1979), Araketu ( 1980), Muzenza (1981) e Os Negões (1982), escreveram composições que foram de fundamental importância para a valorização da cultura negra no estado, no Pais e no Mundo.

 

Guitarra Baiana, a voz do Carnaval

Quando: 26 de fevereiro (sábado), às 22h30

Sinopse: Realizado em 2015, apresenta a história do desenvolvimento do instrumento genuinamente baiano, que nasceu das mãos de Dodô e Osmar com o nome originário “pau elétrico”, intercalando registros históricos com depoimentos de artistas como Caetano Veloso, Moraes Moreira, Armandinho Macedo e Aroldo Macedo. No filme também é citada a importância dos instrumentistas Missinho, Luiz Caldas, Júlio Caldas, Morotó Slim, Maestro Fred Dantas, Maestro Spok, o professor Paulo Miguez, o radialista Perfilino Neto, o luthier Elifas Santana, Jackson Dantas, Durval Lélys, Lito Nascimento e Fred Menendez.

 

Onde: TVE (TV aberta) ou site www.irdeb.ba.gov.br/tveonline


Fonte: Secult Bahia

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem