Agora

 


ZAP Respeita as Mina: serviço atendeu mais de 2,5 mil mulheres em 2021



Implantado durante a pandemia da Covid – 19 para auxiliar baianas em relação à violência doméstica e familiar, o ZAP Respeita as Mina realizou 2.543 atendimentos e registrou 48.214 mensagens em 2021. Os números mostram a boa aceitação do serviço, que tem se consolidado como importante ferramenta para a orientação e até denúncias de violência contra as mulheres, pois as atendentes têm contato direto com o serviço 190 da Polícia Militar para os casos de emergência.


De acordo com relatório do serviço, 76% dos acessos foram provenientes de Salvador, principalmente do Subúrbio Ferroviário, e 24% do interior do Estado. Além disso, houveram acessos dos estados do Acre, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Nos últimos meses de 2021, houve um aumento na busca por informações os Centros de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) no Estado.  

A ferramenta é fruto de parceria entre a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) e Secretaria da Segurança Pública (SSP) e foi implantada em outubro de 2021. Para utilizar o serviço basta enviar mensagem via whatsapp para o número (71) 3117 – 2815 ou acessar o site www.mulheres.ba.gov.br e clicar no ícone do Zap Respeita as Mina, quando a usuária será direcionada ao chatbot.

O serviço oferece, ainda, informações sobre os órgãos que compõem a rede de atenção à mulher em situação de violência e as atribuições de cada um deles; da central de atendimento à mulher (Ligue 180); de como fazer uma denúncia; como obter uma medida protetiva de urgência; o que fazer em caso de violência sexual, entre outras informações.

 

Fonte: ASCOM SPM-BA

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem