Livro barato é no SubMarino

29 de jul. de 2021

#TerradeLucasCultura - Lançamento do site Rosas Negras - Catálogo digital das Atrizes Negras Baianas.

 #LeiAldirBlanc - Catálogo Digital de atrizes negras baianas será lançado no projeto "Eu Vejo Você - Ipadê das Rosas Negras"

Fabíola Nansurê no espetáculo Rosas Negras (Foto: Adeloya Magnoni)

Foi nos palcos dos teatros da Bahia, e de outros estados do Brasil, que a artista Fabíola Nansurê interpretou as personagens do espetáculo Rosas Negras. Hoje, devido ao novo coronavírus, Fabíola está adequando suas atuações às apresentações teatrais virtuais. Ela também está criando uma rede de contatos de mulheres negras baianas que são protagonistas em narrativas cênicas, com a intenção de propagar as produções artísticas realizadas por elas. O Eu Vejo Você - Ipadê das Rosas Negras, surgiu a partir desse propósito.


Eu Vejo Você - Ipadê das Rosas Negras, é uma proposta voltada para a popularização do espetáculo Rosas Negras, e de outros projetos artísticos comprometidos com o trabalho de atrizes negras baianas. Como ação principal desta iniciativa, até este momento, irá ocorrer o lançamento do site de Rosas Negras, acontecido no dia 25 de julho de 2021, data que celebra o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. Dentro deste site, o primeiro catálogo de atrizes negras baianas poderá ser encontrado. Ele servirá como banco de dados, e as interessadas em depositarem suas informações profissionais nele poderão fazer isso através de um cadastramento on-line.





Em uma homenagem póstuma, Auristela Sá (1969-2013) é a primeira atriz negra baiana mencionada neste catálogo. Nascida em Alagoinhas (BA), Auristela é conterrânea de Fabíola Nansurê, e impulsionou a arte alagoinhense em parceria com o Teatro Vila Velha através do projeto Teatro de Cabo a Rabo, que incentivava os artistas do interior da Bahia. A trajetória de Auristela no teatro é destacada por sua colaboração com o Bando de Teatro Olodum. Ela esteve presente nas montagens teatrais do Bando entre os anos de 1995 e 2010, com os espetáculos: Bença, Áfricas, Sonho de Uma Noite de Verão, Auto-Retrato aos 40, O Muro, Oxente, Cordel de Novo, Relato de Uma Guerra que (não) Acabou, Já Fui, Ópera de 3 Reais, Um Tal de Dom Quixote, Ópera de Três Mil Réis, Erê Para a Vida Toda Xirê, Zumbi Está Vivo e Continua Lutando, Zumbi, Bai Bai Pelô, Essa é a Nossa Praia, e Cabaré da Raaaaaaaça.

Como marco do início do catálogo digital de atrizes negras baianas, ocorrerá uma live com Fabíola Nansurê e as convidadas: Mel Campos, designer responsável pelas artes gráficas do site e das redes sociais de Rosas Negras, Manu Moraes, intérprete em produções teatrais e cinematográficas, e Márcia Lima, atriz, cantora, e pesquisadora de artes cênicas, no Instagram de Rosas Negras, 25 de julho, às 19h.

O projeto Eu Vejo Você - Ipadê das Rosas Negras tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.




SERVIÇO

Live: Eu Vejo Você - Ipadê das Rosas Negras
Quando: 25 de julho de 2021, às 19h
Onde: Instagram Rosas Negras
https://www.instagram.com/rosasnegras.espetaculo/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui