26 de jun de 2018

Estudo global revela que brasileiro é campeão em compartilhamento de notícias


O papel das redes sociais sobre o consumo de notícias tem diminuído globalmente, conforme o estudo “Relatório sobre Notícias Digitais”, apresentado pelo Instituto Reuters. De acordo com a pesquisa, a perda de espaço pode ser sinal de saturação do mercado ou consequência da mudança nos algoritmos do Facebook, que passou a priorizar postagens de familiares e amigos dos usuários em detrimento de conteúdo profissional de notícias. O trabalho foi divulgado na última semana e mapeou os hábitos de consumo de jornalismo em 37 países.
Uma das constatações foi a preocupação com as notícias falsas (“fake news”) em todo o mundo. O relatório ainda destaca que a chamada revolução digital acontece em diferentes níveis nos países, mostrando-se “cheia de contradições e exceções”. Brasil, México e Turquia foram apontados como localidades em que os níveis de acesso às notícias na internet são mais baixos que os demais.
Veja o texto completo em Jornal em Rede

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!