30 de mai de 2018

#OcupaLajes realiza Exposição neste final de semana em Salvador


Laje de Dona Sônia / Foto: Divulgação


O acervo da Laje através do Projeto #OcupaLajes realiza neste final de semana, 02 e 03 de junho, exposições dos resultados das oficinas de xilogravura e arte em madeira que foram anteriormente realizadas no Espaço Cultural Alagados – espaço administrado pela SecultBA. A exposição acontece das 10h às 17 horas na Laje da Dona Sônia, localizada na Avenida São Roque 175, Uruguai, aberto ao público.

Na ocasião, o público também terá a oportunidade de experimentar o processo de produção da xilogravura (arte e técnica de fazer gravuras em relevo sobre madeira), com o artista Bruno Costa.

O #OcupaLajes desde abril vem realizando diversas oficinas, bate-papos, exposições e segue até o mês de agosto com ocupação nos bairros de Plataforma, itapuã, Engenho Velho de Brotas e Alagados, além do uso dos espaços culturais administrados pela SecultBa.

Projeto – Uma iniciativa do Acervo da Laje, o Ocupa Lajes foi contemplado pelo Edital Setorial de Artes Visuais 2016, do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. É um projeto de formação, democratização e circulação das artes visuais em Salvador que realiza a segunda edição, com oito oficinas gratuitas distribuídas nos espaços culturais da SecultBA: Centro Cultural Plataforma, Espaço Cultural Alagados (Uruguai), Cine-Teatro Solar Boa Vista (Engenho Velho de Brotas) e Casa da Música (Itapuã). Além das oficinas, o projeto vai realizar quatro bate-papos sobre artes, visitas guiadas ao Acervo da Laje e quatro exposições a serem apresentadas em diferentes lajes da capital baiana.

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontra-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro de Cultura de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse: www.espacosculturais.wordpress.com

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Fonte: Secult Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!