31 de jul de 2016

Busca por turismo de aventura cresce mais de 15% no Brasil

Percentual de estrangeiros que viajaram para o País motivados pelos atrativos naturais passou de 12,8%, em 2014, para 15,7%, em 2015
Atrativos naturais fomentam 15,7% de viagens de estrangeiros ao País
Fórum Econômico Mundial classificou o Brasil como o número um em recursos naturais
Foto: Reprodução/Ministério do Turismo
A procura pelo Brasil como destino de ecoturismo e de turismo de aventura subiu de 12,8%, em 2014, para 15,7%, no ano passado. Segundo a pesquisa Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo, o percentual reforça a posição do País como um dos principais destinos para os estrangeiros.
“O Brasil é privilegiado por reunir riquezas como a Floresta Amazônica, o Pantanal, o Cerrado, a Mata Atlântica e mais de 8 mil quilômetros de litoral, além da maior bacia hidrográfica do planeta. Com a gestão profissional e a parceria entre os setores público e privado, esses produtos podem ser explorados de forma sustentável, com benefício para as comunidades locais”, afirma o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.
Durante a pesquisa, foram ouvidos 35.133 turistas estrangeiros em 16 aeroportos internacionais, que representam mais de 99% do fluxo internacional aéreo. Também houve entrevistas em dez fronteiras terrestres, que representam cerca de 90% do fluxo internacional terrestre.
Visando esse público, o Ministério do Turismo e a Embratur defendem a busca por investimento privados nacionais e internacionais por meio de Parcerias Público Privadas e concessões em áreas estratégicas como marinas e parques nacionais.
Segundo dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a visitação às unidades de conservação federais aumentou significativamente na última década. Se forem considerados somente os parques nacionais, o número de visitantes subiu 238%, passando de 2,99 milhões, em 2007, para 7,14 milhões, em 2015.
No campo do turismo de aventura, o Brasil também é referência internacional. No primeiro semestre de 2016, dois estabelecimentos brasileiros obtiveram a certificação internacional para atividades desse segmento. Eles figuram entre os primeiros a conquistarem esse tipo de certificação no mundo.
Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui