FNO

6 de jun de 2016

Projeto promove a difusão do patrimônio histórico-cultural de Feira entre estudantes e professores


Difundir entre os estudantes a história, edifícios e sítios do patrimônio histórico-cultural de Feira de Santana através da visita a estes espaços. São esses os objetivos do projeto “Feira Que Te Quero Ver”, iniciativa da Secretaria de Educação que contempla 22 escolas e envolve mais de 800 alunos da Rede Municipal de Ensino.
 
As primeiras visitas promovidas pelo projeto aconteceram na manhã desta segunda-feira, 6, momento em que os alunos do Centro de Educação Básica da Universidade Estadual de Feira de Santana (CEB) e da Escola Municipal Dr. Colbert Martins da Silva, situada no distrito de Jaguara, foram recepcionados no Paço Municipal Maria Quitéria, sede da Prefeitura de Feira de Santana.
 
Depois do Paço, os alunos do CEB seguiram para a Igreja Senhor dos Passos e para o Mercado de Arte Popular (MAP). Já os estudantes de Jaguara visitaram o Museu Parque do Saber e o Casarão Froes da Mota.
 
“Acho essa iniciativa extremamente importante, pois oportuniza aos nossos alunos conhecerem mais sobre a cidade em que vivem e o local onde muitos nasceram. A grande maioria nunca tinha visitado esses espaços e o “Feira que te quero ver” vai proporcionar essa experiência aos estudantes”, explica  a professora de geografia do 9º ano, Zhara Leite Souza, que atua no CEB.
 
Além da difusão sobre o patrimônio nas escolas, o projeto “Feira Que Te Quero Ver” promoverá a produção de materiais de Educomunicação pelos próprios estudantes, tendo como pano de fundo os sítios de Feira.
 
As peças serão produzidas em três frentes: fotografia, vídeos e e-books. “Nossa intenção é incentivar as produções de conteúdo pelos estudantes e também proporcionar-lhe o acesso a um conhecimento mais amplo sobre Feira. O projeto terá etapas, como uma exposição dos trabalhos e a culminância em setembro, que é quando se celebra o aniversário da nossa Feira”, destaca a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, referindo-se ao 18 de setembro, data da comemoração pela emancipação política do município.
 
Alice de Jesus dos Santos, de 16 anos, aluna do 7º ano da Escola Municipal Dr. Colbert Martins, disse que vai fotografar todos os lugares que visitar. “Vou trabalhar com fotografia. É a primeira vez que visito esses espaços e estou achando a parte interna do prédio da prefeitura muito linda”, conta a estudante.
 

A escolha dos espaços a serem visitados foi feita pela equipe da Seduc, que elencou sete espaços para a visitação dos estudantes e professores. O Paço Maria Quitéria, por exemplo, foi fundado em 1926 e possui a arquitetura preservada, alguns móveis centenários e os afrescos que ilustram os tetos do prédio foram revitalizados em 2007 pelo artista Vivaldo Lima.


Reedição de texto: Redação Terra de Lucas

Texto original: Secom / PMFS
Fonte: Secom/PMFS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

Sua marca no melhor lugar!