FNO

7 de jun de 2016

Cedom/IPAC começa tríduo de Santo Antônio nesta quarta-feira (8), às 14h, no Pelourinho


O Centro de Documentação e Memória (Cedom) do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), localizado na Rua Gregório de Mattos, nº29, Pelourinho, começa o seu tríduo (três dias de orações em devoção) de Santo Antônio nesta quarta-feira (8), a partir das 14h. A programação começa com palestra sobre a vida de Santo Antônio (Lisboa/Portugal 1195, Pádua/Itália 1231), das 14h às 15h. Logo depois, começam as rezas.

Na quinta-feira (9), das 15h às 17h, novas orações, se repetindo na sexta (10), no mesmo horário, e distribuição de pães ao término. Integrando a ‘Semana do Tríduo’, o Cedom promoveu hoje (6), oficina de oratórios das 14h às 17h. Amanhã, terça-feira (7), acontece oficina de mini-estandartes, também a partir das 14h. O número de vagas para oficinas é limitado a 10 vagas. A instrutora é a artista plástica Denise Moitinho. Já o tríduo é aberto para todos os interessados.

50 ANOS – O Cedom é vinculado à Coordenação de Articulação e Difusão (Coad) do IPAC, e funciona como polo de informações para pesquisadores, estudiosos e entidades que se dedicam ao patrimônio cultural. São pessoas da Bahia, interessados nacionais e internacionais. O setor dispõe de quase 4,7 mil documentos reunidos em quase 50 anos de existência do IPAC. Além de plantas, projetos e cadastros arquitetônicos, mapas, croquis e esboços produzidos entre os anos de 1969 e 2016.

Além disso, um arquivo fotográfico com cerca de 130 mil imagens. São fotos digitais e analógicas (impressas e negativos) em preto e branco e coloridas. Filmes, fitas cassetes, fotogramas, slides, reproduções antigas e álbuns complementam esse conjunto. O Cedom dispõe ainda da Biblioteca Manuel Querino do IPAC, com 220 obras raras datadas dos séculos XVIII, XIX e XX. O acervo é especializado em história, antropologia, patrimônio cultural, arquitetura, urbanismo, restauração e cultura. Confira no link http://biblio.ipac.ba.gov.br.

DOAÇÕES – O local ainda está responsável pelos livros editados pelo IPAC. Pano da Costa, Festa da Boa Morte, Carnaval de Maragojipe e Desfile de Afoxés, são alguns dos títulos. Ainda, a Festa de Santa Bárbara, Ofício de Vaqueiros, Festa do Bembé, Terreiros de Candomblé e Escola Parque. Acesse os livros no linkhttp://www.ipac.ba.gov.br/downloads#aba-4.

O Cedom aceita doações de livros, revistas e outras publicações. Saiba mais via telefone(71) 3116-6945 e endereço coad.ipac@ipac.ba.gov.br. A biblioteca fica aberta de segunda a sexta–feira, das 8 às 12h e de 13 às 17h. Rua Gregório de Mattos, nº29, Pelourinho. Acesse o site www.ipac.ba.gov.br, facebook ‘Ipacba Patrimônio’, twitter ‘@ipac_ba’ e instagram ‘@ipac.patrimonio’.

Assessoria de Comunicação – IPAC, em 06.06.2016
Jornalista responsável Geraldo Aragão (DRT-BA nº 1498)
(71) 99110-5099, 99922-1743, 3117-6490, 3116-6673
Texto-base e entrevistas: Newton Soares (estagiário Jornalismo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

Sua marca no melhor lugar!