FNO

3 de mar de 2016

Primeiras ações para a Micareta são definidas por órgão de fiscalização

Foto: Agencia A Tarde.
Integrantes das Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) já se reuniram para debater as ações a serem executadas visando a manutenção da segurança e de serviços que serão induzidos no intento de se manter a qualidade da festa.

As escolhas da FPI, definidas por membros do órgão, decidiram pelo dia 12 de abril como data de início para a montagem dos camarotes e arquibancadas. O circuito e espaços continuam sendo os mesmos. A agilidade é o quesito apontado, apesar da data citada ser bem próxima do dia 27 de abril (quarta-feira), dia que antecede o 1º dia oficial da Micareta.

Iluminação, estrutura, (des)montagem são exigências da FPI, no sentido de que as empresas e permissionários irão arcar com a responsabilidade sobre as exigências cobradas. A eficácia no serviço não deve atrapalhar o comércio, por isso a celeridade unida à qualidade é importante.
           
Para que o planejamento ocorra de acordo o previsto, é preciso que seja seguido o cronograma apresentado, com ocupação, licença ambiental, sonorização, dentre outros. Outra atuação relevante é a adoção de medidas junto aos blocos infantis, assim como outras secretarias, como a de Saúde (SMS) e a de Transportes e Trânsito (SMTT)

A supervisão será feita pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SECEL), Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMAN), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar.

Fonte: A Tarde.

Por Laísa Melo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

Sua marca no melhor lugar!