Agora

Baile Concerto da OSBA homenageia Moraes Moreira e os 50 anos do clássico “Acabou Chorare”


Personagem fundamental na história do Carnaval de Salvador, o cantor e compositor baiano Moraes Moreira é o homenageado da quarta edição do “Baile Concerto da OSBA”, que acontece no próximo dia 5 de março (sábado), às 19h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, com o tema "Todos os Carnavais São de Moraes".


Os ingressos para o Baile Concerto poderão ser adquiridos a partir das 12h desta terça (1º), na bilheteria do Teatro Castro Alves e na plataforma on-line Sympla. Além do público presente à Concha, o concerto também poderá ser visto ao vivo no  canal do YouTube da OSBA (YouTube.com/OSBAOrquestraSinfonicadaBahia), que fará a transmissão da homenagem.


O Baile Concerto terá também outra celebração especial: trata-se do aniversário do Teatro Castro Alves, comemorado no dia 4 de março. Neste ano, o TCA completa 55 anos de inauguração e, é claro, será homenageado pela Orquestra Sinfônica da Bahia, que faz parte do corpo artístico do Teatro.


Datas e convidados especiais


A apresentação celebra os 75 anos de nascimento de Moraes Moreira, que infelizmente faleceu em 2020 e completaria a marca em 8 de julho de 2022, e também os 50 anos do disco “Acabou Chorare” (1972), dos Novos Baianos, banda da qual o homenageado fez parte no início de sua carreira. Obra-prima deste antológico grupo da música brasileira, “Acabou Chorare” é considerado por muitos especialistas como um dos mais importantes álbuns da MPB, tendo sido escolhido em 2007 pela edição nacional da revista Rolling Stone como o maior disco brasileiro de todos os tempos.


Para este momento especial, a Orquestra Sinfônica da Bahia convidou três artistas baianos para celebrar a obra do primeiro cantor de trio elétrico: o guitarrista Armandinho Macêdo, com quem Moraes fez história no carnaval de Salvador em cima do trio Armandinho, Dodô e Osmar; o cantor Paulinho Boca de Cantor, parceiro de Moraes nos Novos Baianos; além da cantora Josyara, que vem se afirmando nacionalmente como um dos novos talentos da música nacional com o elogiado disco “Mansa Fúria” (2018). O concerto terá ainda regência do maestro Carlos Prazeres, direção cênica de Gil Vicente Tavares e solos do violinista Mário Soares.


Clássico e popular juntos


Para o regente titular e diretor artístico da OSBA, Carlos Prazeres, é fundamental que uma Orquestra, por mais que abarque na grande totalidade apresentações voltadas para a música de concerto, também dialogue com a música popular. Neste contexto, completa Prazeres, é natural que a Orquestra Sinfônica da Bahia crie o Baile Concerto e que a primeira edição após o falecimento de Moraes Moreira seja dedicada à vida e à obra deste artista tão importante.


“A música clássica pode e deve dialogar com a música popular.  E não tem como estar na Bahia como um organismo sinfônico, neste momento especial em que a OSBA comemora seus 40 anos em 2022, sem a gente homenagear este que é um dos grandes ícones da cultura baiana e da música popular brasileira. Ele nos deixou precocemente, mas estamos muito honrados em contar com convidados especiais para prestarmos essa linda homenagem”, declara Carlos Prazeres.


Sobre o Baile Concerto


O Baile Concerto teve início em 2018 e tem como premissa realizar um verdadeiro baile carnavalesco, no qual os músicos tocam fantasiados e o público, que também é convocado a se fantasiar, começa com um concerto sentado e termina com a plateia interagindo, dançando e cantando junto. A última edição do Baile Concerto aconteceu em 2020, no TCA, quando foram celebrados os 35 anos da axé music.

 

SOBRE A OSBA: A Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), criada em 30 de setembro de 1982, é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da OSBA, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado da Bahia, através da sua Secretaria de Cultura (SecultBA).


VACINADOS: obedecendo aos decretos vigentes (Decreto Estadual Nº 20.907 de 25/11/2021, complementado pelos Decretos Nº 20.913 de 29/11/2021 e Nº 20.868 de 09/12/2021), só poderão ter acesso ao evento as pessoas que apresentarem comprovação de vacinação mediante apresentação do documento fornecido no momento da imunização ou do Certificado COVID, obtido através do aplicativo “CONECT SUS” do Ministério da Saúde, que contenha a confirmação de: I - duas doses da vacina ou dose única, para o público geral; II - uma dose da vacina para crianças e adolescentes alcançados pela Campanha de Imunização contra a COVID-19, observado o prazo de agendamento para segunda dose [ou seja, se a criança ou adolescente já tiver sido convocado para a segunda dose, sua comprovação de vacinação deverá demonstrar que ele/ela já tomou a segunda dose também]; III - doses de reforço subsequentes da vacina para o público alcançado por esta etapa da Campanha de Imunização contra a COVID-19.

 

Serviço:


05/MAR (SÁBADO) – BAILE CONCERTO - “TODOS OS CARNAVAIS SÃO DE MORAES”

 

Local: Concha Acústica do Teatro Castro Alves 

Horário: 19h

Regência: Carlos Prazeres

Convidados: Armandinho Macêdo, Paulinho Boca de Cantor e Josyara

Direção cênica: Gil Vicente Tavares

Solista: Mário Soares

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Locais de venda: Bilheteria do TCA e Sympla, a partir das 12 h do dia 1º(terça)

Transmissão: YouTube da Osba

(youtube.com/OSBAorquestrasinfonicadabahia)

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem