Agora

 


Itacaré é destaque nacional no turismo esportivo e de aventura

 


A temporada 2021 do circuito brasileiro de surf foi encerrada, em meados de dezembro, na praia da Tiririca, em Itacaré, na Costa do Cacau. As competições tiveram o apoio da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA), como parte das ações para incentivar eventos que impactam nas atividades turísticas. Durante sete dias, surfistas, patrocinadores e jornalistas lotaram hotéis e restaurantes da cidade. 


Praias com ondas ideais para o surf e outras indicadas para o banho integram os atrativos de Itacaré, que incluem também trilhas em meio à Mata Atlântica, cachoeiras, gastronomia e patrimônio histórico. Passeios de caiaque e canoa havaiana, stand up paddle, tirolesa, arvorismo e rafting nas corredeiras do Rio de Contas estão entre as opções para quem prefere o turismo esportivo e de aventura.

Após os passeios, o turista pode curtir a Ponta do Xaréu, que serve de mirante natural para contemplar o pôr do sol. O agito à noite é na Rua Pituba, repleta de bares e restaurantes com música ao vivo, além de lojas de artesanato e chocolate da região. 

No patrimônio histórico, se destacam a Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo, construída em 1723, a Casa dos Jesuítas e o farol quadrado.

O visitante irá encontrar opções de hospedagem que vão do padrão econômico ao luxo. Para chegar em Itacaré de carro, partindo de Salvador, é preciso percorrer 400 quilômetros, via BA-001. De avião, a melhor opção é o aeroporto de Ilhéus, que fica a 70 quilômetros de Itacaré. 


Fonte: Setur Bahia

Postar um comentário

Comente aqui

Postagem Anterior Próxima Postagem