Livro barato é no SubMarino

5 de set. de 2021

#TerradeLucasCultura - O encontro de Márcio Punk e Bié dos Oito Baixos no céu

 

Imagem: Gabriel Ferreira


 

Das sete portas que havia

Foi fechada a derradeira

Bié ao passar por ela

Deixa um silêncio na Feira

Para do lado de lá

Fazer sua brincadeira.

 

Partiu o comerciante

O amigo, o sambador

O fazedor das segundas

Do povo trabalhador

Levou consigo oito baixos

E seu dom de animador.

 

Uma barraca no céu

Bié já tem garantida

E para curtir seu samba

Já tem gente reunida

São feirantes e feirenses

Sambadores desta vida.

 

Entre os que o aguardavam

Um homem se destacou

Um multiartista feirense

Que com Bié duetou

Na cultura da cidade

Que há pouco tempo deixou.

 

Márcio Punk quando soube

Que seu amigo chegava

E da mais nova barraca

Que lá no céu se instalava

Bateu um papo com Deus

Das paradas que pensava.

 

Punk então encarregou-se

De uma bela intervenção

Com gravuras sertanejas

No beco da redenção

Que dá acesso à barraca

Do seu parceiro e irmão.

 

Bié ao ver as gravuras

Lembrou de sua cidade

E Punk ao vê-lo chegando

Pulou de felicidade

Bateu na mão do parceiro

E disse "- fique à vontade!"

 

Bié sorriu e falou

"- No céu também tem Bahia?

Agora já temos beco

E barraca da energia."

Tacou o dedo no fole

Fez o que o povo queria.

 

Romildo Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui