19 de set. de 2021

#TerradeLucasCultura - Atividades resgatam a memória e os ensinamentos de Paulo Freire no mês do seu centenário



No dia 19 de setembro Paulo Reglus Neves Freire completaria 100 anos de nascimento. Patrono da educação brasileira foi um educador, filósofo e político. Faleceu em 2 de maio de 1997, vítima de problemas no sistema circulatório. Pernambucano, formou-se em direito, mas atuou como professor de língua portuguesa. 


O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SEBP) desde maio vem realizando atividades que resgatam a memória e os ensinamentos de Paulo, enquanto transformador social. Para comemorar o centenário, a programação do mês de setembro conta com a exposição “O Cavalheiro da Liberdade” que retrata a jornada do Patrono da educação brasileira, na luta pela democratização do ensino de qualidade. 


As unidades também convidaram diversos parceiros para contribuir com as comemorações. O ator e dramaturgo, Francisco Cruz do Nascimento, produziu um vídeo intitulado “Cordel Paulo Freire”. Viviane Almeida gravou sobre algumas situações que identificam Paulo Freire. Já Rebeca Lima, Francisca Andrea de Matos e Rosângela Goés prestaram homenagem com o vídeo “Quem ousa esperançar”.


As estudantes, integrantes do Grupo de Estudos Paulo Freire da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (FACED/UFBA), Elisama Gonzaga e Patrícia Mercês homenagearam com o vídeo “Educar para o bem viver”. A professora Imária Rios, faz uma viagem pela história de Paulo através do vídeo “Paulo Freire: o educador do Brasil”.


O professor Everton Nery trouxe recortes literários baseados nas obras “Educação e Mudança” e “Pedagogia da Autonomia” de Paulo Freire. A pedagoga Thiffany Odara exalta o legado do patrono da educação no vídeo “Educar para transformar”.


Confira aqui a Programação Completa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

Livro barato é no SubMarino