18 de mar. de 2021

#TerradeLucasInformação - Especialista dá dicas para evitar invasão de baratas, formigas e ratos



Presença de pragas urbanas nas residências é maior durante o verão

Nas estações mais quentes do ano, como o verão, é perceptível o aumento no número de pragas urbanas, seja em espaços residenciais ou corporativos. Isso acontece porque o calor acelera o metabolismo e facilita a reprodução dos insetos, diminuindo seu ciclo reprodutivo, proporcionando um aumento na incidência. Baratas, formigas e ratos são alguns dos bichos que trazem inúmeros riscos à saúde, mas que podem ser afastados com medidas de higiene e realização do controle de pragas no ambiente.


Segundo a bióloga Natalie Amorim, da Larclean, empresa especializada em saúde ambiental e referência no assunto na Bahia e em Goiás, hábitos de limpeza evitam a presença das pragas. “O ideal é eliminar acesso, abrigo, água e alimento presentes no ambiente, seja residencial ou comercial. Isso se dá através de ações como eliminar as frestas e fendas e ter boas práticas de limpeza do ambiente, evitando o descarte inadequado de resíduos ou acondicionamento inadequado de alimentos”.


Além da limpeza dos ambientes, o hábito de acumular objetos em desuso deve ser descartado. A bióloga também dá outras dicas, como utilizar ralos sifonados para evitar a entrada de visitas desagradáveis, manter os alimentos sempre em recipientes fechados, colocar o resto do lixo em locais adequados, utilizar materiais específicos para vedar os espaços que ficam abaixo das portas de entrada do imóvel e ficar atento aos buracos formados nas paredes para evitar que se alojem traças.

Quando os hábitos de limpeza da rotina não são suficientes, a especialista conta que a dedetização é ideal para controlar a infestação de pragas. “Uma infestação depende da densidade de indivíduos naquele ambiente. Nestes casos, o ideal é contratar o serviço de controle de pragas pois os produtos de venda livre podem não surtir efeito já que possuem baixa toxicidade e precisam de técnica para aplicação. O ideal é contratar uma empresa especializada que possui toda certificação necessária e conta com produtos registrados pela ANVISA para a execução dos serviços de controle de pragas”, ressalta Natalie Amorim.

A bióloga ressalta que o serviço de controle de pragas não se baseia somente na utilização de produtos químicos, mas também na orientação do cliente, com medidas preventivas e corretivas. Esta identificação possibilita um resultado de qualidade e menos retorno da empresa de controle de pragas, além de um controle total e prolongado em curto espaço de tempo e com menor risco para o meio ambiente e as pessoas.

Dentre as metodologias utilizadas para o controle de pragas estão: A iscagem gel, específica no combate às baratas e formigas, com aplicação de inseticida em pontos estratégicos, com segurança, conforto e comodidade, sem necessidade de deixar o local (residência ou trabalho); A pulverização, aplicação de inseticida líquido com sistema de micropulverização importante no combate às pragas em alta infestação, pode ser feita localizada ou espacial, e o polvilhamento, método onde se utiliza inseticida na formulação pó seco, recomendado para as áreas onde não pode ser feito o tratamento líquido, como painéis elétricos, caixas de fiação elétrica e motores.

“O que vai definir a técnica utilizada no controle de pragas é a espécie infestante e o ambiente, seja comercial ou residencial. Uma equipe capacitada é responsável por esta identificação, pois nos meios urbanos, existem diferentes tipos de espécies que precisam ser tratadas de formas diferentes”, finaliza Natalie.

Enviado por Kirk Moreno

Fonte: Assessoria de imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

Livro barato é no SubMarino