Livro barato é no SubMarino

7 de jun. de 2020

ORAÇÃO SOBRE O VERDE, O VALE E A VAIDADE



Compartilhando dessa:
ORAÇÃO SOBRE O VERDE, O VALE  E A VAIDADE
nessa manhã dominical

Textos-base: Eclesiastes 1.2 e Salmos 23


Senhor,

Que a nossa vaidade não nos sepulte no seu excesso de brilho; quem muito quer brilhar, demasiadamente se ofusca dentro de uma opulência tão opaca...
O Senhor eleva o simples e resiste ao soberbo.

Que a humildade de reconhecer quem somos: poeira ao vento, como diz a canção, seja encarnada. Pois, em sendo poeira, habitamos as estrelas e sedimentamos a estrada – com o húmus dos atos e o regar das palavras (no jardim da vida que moramos). 

Ajudemos, Senhor, como servos, a nutrir flores, a equilibrar o solo das plantas que nos enramam (nos irmanam), para despontar a parição de frutos (do Espírito e das árvores). 

Que andemos, Senhor, "em verdes pastos", e enfrentemos os vales, as ervas daninhas que fingem que curam, que dizem ter "a verdade", mas fazem um laço sobre nossa cabeça, retira-nos o escudo, e conduz-nos ao abismo sem fundo (com um mínimo de alarde).

Que encontremos em breve, Senhor, as “águas tranquilas”, e desaguemos no favor de tua graça. Haja-nos o refrigério da alma, por amor do Teu nome (por Teu nome – que é Amor). Pois tua misericórdia dura para sempre.

Weslley Almeida. DEVOCIONAL da primeira semana de Junho de 2020. Chove e já faz frio em Feira de Santana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui