Livro barato é no SubMarino

3 de fev. de 2020

Centro de Cultura Amélio Amorim de Feira de Santana integra circuito da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

Entrada gratuita

Quatorze espaços culturais da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), na capital e interior do estado, exibirão gratuitamente vídeos da Mostra Cinema e Direitos Humanos. Em sua 12ª edição, sendo sua primeira vez realizada na cidade de Feira de Santana, a mostra tem como objetivo consolidar a cultura e a educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância.

Todas as sessões são gratuitas, com obras cinematográficas que abordam temáticas relacionadas aos Direitos Humanos, além de acessibilidade nos filmes, preocupação está que o Centro de Cultura Amélio Amorim vem buscando solucionar desde a sua estrutura física até o atendimento ao mais diversificado público, incluindo não só mecanismos e meios que visem uma inclusão social, mas garantindo a democratização de direitos e acesso à cultura a todos e todas. A 12 Mostra de Cinema e Direitos Humanos trás para Feira de Santana em sua primeira edição, não apenas entretenimento local e formação de plateia, mas vem acompanhando a modernidade se utilizando de closed caption em todas as sessões, áudio descrição e Libras em sessões selecionadas através do uso de novas tecnologias, serviços e respeito ao público.

Entre os vídeos que fazem parte da mostra e que serão exibidos no Centro de Cultura Amélio Amorim estão três produções brasileiras " A espera", "A bicicleta do vovô" e "A rua é NÓIZ". Os filmes abordam temas que vão desde direitos dos refugiados, até direitos das pessoas com deficiência, direito à educação e cultura, inclusão social, direito das crianças e das mulheres, dentre outras questões.

Em Feira de Santana a mostra terá sua primeira edição no Centro de Cultura Amélio Amorim. A 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo é realizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em parceria com o Instituto Cultura em Movimento – ICEM. A mostra foi criada em 2006 para celebrar o aniversário da Declaração Universal de Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948. 
Enviado por Hygor Almeida - Centro de Cultura Amélio Amorim 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui