Livro barato é no SubMarino

8 de jul. de 2019

Escola de Dança da Funceb abre mais de 800 vagas nos Cursos Livres

Foto: Lucas Rosário / ASCOM SecultBA

A Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), no Pelourinho, está pronta para iniciar o segundo semestre de 2019 a todo vapor. A instituição inicia o calendário do segundo semestre disponibilizando 815 vagas em 43 modalidades dos Cursos Livres 2019.

As inscrições de novos alunos e renovação da matrícula acontecem de 8 a 12 de julho, das 17h às 20h, presencialmente na Escola de Dança. A mensalidade varia de R$ 20,00 a R$ 70,00. As aulas são voltadas para todos interessados, com ou sem experiência em dança, com exceção dos cursos avançados e intermediários. 

As aulas terão início a partir de 8 de julho e acontecem uma vez na semana, de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 20h30, ou aos sábados das 10h às 12h, na Escola de Dança da Funceb (Rua da Oração, nº 1, Pelourinho). Os interessados devem ser maiores de 18 anos e precisam apresentar o documento de identidade no momento da matrícula.


Para este segundo semestre serão disponibilizadas 150 bolsas integrais nos Cursos Livres. Funcionários da Secult/Funceb terão 30 bolsas disponíveis em qualquer modalidade. Já os alunos vinculados ao Curso Preparatório e ao Curso Profissional serão contemplados com 45 bolsas. Para o público em geral, serão disponibilizadas 75 bolsas. 

Os interessados precisam comparecer presencialmente, com documento de identificação do aluno, na sede da Escola de Dança (Rua da Oração, nº1, Pelourinho), no dia 8 de julho, das 13h às 16h. Os cursos também podem ser conferidos no site www.fundacaocultural.ba.gov.br 

Serviço

Cursos Livres – 815 vagas

Inscrições: 8 a 12 de julho, das 17h às 20h
Distribuição de bolsas: 8 de julho, das 13h às 16h
Aulas: uma vez na semana, de segunda a sexta-feira (18h30 às 20h30), e sábado (10h às 12h)
Valor: R$ 20,00 a 70,00


Fonte: Secult Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui