Livro barato é no SubMarino

15 de jan. de 2019

Inema cria app que indica qualidade da água das praias baianas



Baixe aqui o app Vai dar Praia

No verão, o litoral baiano recebe uma grande quantidade de banhistas. No calor, baianos e turistas aproveitam as altas temperaturas para curtiram as praias do estado. Pensando nisso, técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) desenvolveram o aplicativo ‘Vai dar Praia’, que fornece informações sobre os locais próprios e impróprios para banho em todas as regiões da Bahia. 

“Nosso objetivo é informar e garantir a segurança das pessoas, porque a qualidade das águas é uma questão de saúde. Com o aplicativo, que está acessível para as plataformas Android e iOS, nós disponibilizamos essa informação para que as pessoas possam escolher os lugares mais adequados para ir com a família e amigos sem se colocar em risco”, explica o diretor de Águas do Inema, Eduardo Topázio.

Além de indicar a qualidade das águas, o ‘Vai dar Praia’ disponibiliza previsão diária do tempo, tábua das marés, velocidade e direção dos ventos, temperatura do ar, umidade, índice UV e fases da lua, com foto da praia pesquisada, localização de ponto de coleta e rotas mais rápidas para chegar à praia escolhida.

Para o aposentado Antônio Barbosa, o pacote de informações ajuda os banhistas a curtir as praias de forma segura. “Eu achei a ideia sensacional. Com esse aplicativo, a gente pode programar o passeio melhor, sabendo exatamente o destino e qual é o melhor local para banho. É uma precaução a mais, principalmente para quem tem filho pequeno, para proteger nossas famílias”, afirma. 

Inema

O órgão foi criado por meio da lei nº 12.212, de 4 de maio de 2011, promovendo a integração do sistema de meio ambiente e recursos hídricos da Bahia. O Inema tem por finalidade executar as ações e programas relacionados à Política Estadual de Meio Ambiente e de Proteção à Biodiversidade, a Política Estadual de Recursos Hídricos e a Política Estadual sobre Mudança do Clima.

Repórter: Tácio Santos
Fonte: Secom BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui