Livro barato é no SubMarino

23 de dez. de 2018

Muita emoção no espetáculo de dança METAMORFOSE.



A Earte fez uma viagem no mundo da Broadway, com musicais que marcaram épocas, mostrando através da dança uma linda história de luta e superação contra o câncer de mama.
METAMORFOSE, espetáculo de dança realizado nos dias 15 e 16 no Centro de Cultura Amélio Amorim, mostrou de maneira delicada e emocionante a vivência de Melina Freitas, aluna da turma de jazz adulto que recentemente passou pelo processo de tratamento da doença.

Melina descobriu o câncer de mama aos 28 anos, fazia aulas de jazz  na época e se afastou para cuidar da saúde. Em sua rede social ela passou a compartilhar textos emocionantes, com momentos e pensamentos desse processo transformador a que ela mesma intitulou de metamorfose. Suas palavras inspiraram a professora Elisa Medeiros, diretora artística do espetáculo, a realizar esse grande show.


Como uma borboleta em suas fases de evolução e transformação, apresentação mostrou desde a descoberta, momento de rejeição pela perda dos cabelos, recolhimento, até a aceitação e libertação de todo esse processo que exige muita força e resiliência de quem passa. Além da narração de Melina, Metamorfose trouxe musicais famosos como Mamma Mia, Rei Leão , Frozen, Chorus Line, entre outros.

O espetáculo deixou o grande público emocionado, a espectadora Patrícia Souza disse que “foi um espetáculo forte e emocionante, mas a leveza da dança deu a medida certa para que tudo ficasse maravilhoso.”

Com a direção geral de Luiz Augusto Oliveira e Manuella Oliveira, a Earte encerrou o  ano com uma bela apresentação de jazz e street dance, já deixando o público e alunos com expectativa para o tema do próximo ano.

Por Camila Xavier
Fonte: Assessoria de Comunicação e Jornalismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui