22 de mai de 2018

“Nós somos o trânsito!”, esse é o tema da campanha Maio Amarelo 2018 em Feira de Santana


Em sua quinta edição, o Movimento Maio Amarelo, mais uma vez, está direcionado à importância da conscientização de cada um para o trânsito mais seguro, responsabilizando cada um de nós, sejamos motoristas, motociclistas, ciclistas ou pedestres, para as atitudes conscientes e de preservação da vida.


Em Feira de Santana, a 3ª Ciretran tem atuado em ações para divulgar essa campanha, a abertura oficial aconteceu na terça (15), com uma reunião com o prefeito Colbert Martins, representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, agentes de trânsito, Sest Senat, além do superintendente de Trânsito Maurício Carvalho, entre outros secretários municipais. Após a reunião, foi realizada a distribuição de panfletos nas principais avenidas da cidade.

Seguindo o calendário de conscientização para a prevenção de acidentes no trânsito, na sexta (18) durante todo o dia a 3ª Ciretran esteve, juntamente com o Sest Senat, numa ação voltada para os motoristas de ônibus e taxistas no Terminal Rodoviário de Feira de Santana. Nessa ocasião foram distribuídos panfletos educativos e laços amarelos como símbolo da campanha. À noite, a ação foi nos bares da Rua São Domingos, com a turma de Administração da UNINASSAU, onde foi divulgada entre os clientes a importância da conscientização para um trânsito seguro.

 No sábado (19), a Ciretran participou da ação social realizada pelo Núcleo de Prática Jurídica da FTC. O objetivo da circunscrição regional foi levar Educação para o Trânsito para as crianças do bairro e conscientização e tira dúvidas para os adultos.

"O Maio Amarelo este ano amplia o olhar sobre o trânsito, focando não apenas nos condutores, mas também levando a reflexão de toda sociedade como parte no trânsito. A educação para o trânsito é de suma importância para as crianças e deve começar já na primeira infância. É um erro deixar para orientar seus filhos sobre trânsito apenas quando se chega a maioridade. As escolas poderiam incluir o trânsito como assunto de forma transversal em todas as disciplinas para que o tema se torne comum para as crianças", pontuou o coordenador da 3ª Ciretran, Sílvio Dias.

Levantamento feito pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) mostra que os números de mortes violentas no trânsito do Brasil ainda são muito altos. Entre os anos de 2011 e 2015 foram registradas cerca de 210 mil mortes em acidentes de trânsito, o que representa cinco mortes por hora, ou uma morte a cada 12 minutos nas estradas brasileiras.

A intenção da campanha é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. Ações do Maio Amarelo são desenvolvidas em todos os estados brasileiros e em outros 26 países nos cinco continentes.

Enviado por Denise Dantas
Fonte: Assessoria de Comunicação - 3ª Ciretran

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!