23 de abr de 2018

Como trabalhar educação especial em sala de aula


Cada vez mais a mídia dá destaque para a necessidade de inclusão de pessoas especiais em nossa sociedade, entretanto, sabemos que esse processo de inclusão não deve acontecer apenas em ruas, teatros e cinemas, mas sim no dia a dia, na convivência com aquele que precisa ser incluso, e não tem ambiente melhor para que esse processo ocorra do que dentro de sala de aula.

É em sala de aula que as crianças em fase de aprendizagem, aprendem a lidar, respeitar e viver de forma pacífica com outras crianças que possuem necessidades especiais. Vale ressaltar, que a compreensão das necessidades especiais ainda está muito limitada a algum tipo de deficiência física e algumas doenças neurológicas.

“Alunos com necessidades especiais também são aqueles que apresentam algum tipo de dificuldade de aprendizado devido a: TDAH, problemas de dicção, bloqueio e rejeição ao aprendizado de uma língua estrangeira (filtro afetivo) e/ou transtornos comportamentais. Alunos superdotados também são considerados alunos com necessidades especiais.”

Mas e o professor? Como ele precisa trabalhar a educação especial em sala de aula sem prejudicar os diferentes tipos de alunos?

O professor de educação especial, além de ser responsável por suas atividades já rotineiras como preparação de plano de aula, elaboração de atividades e provas, ainda precisa analisar cada um dos casos de seus alunos e observar quais as competências e limitações dos alunos em sala de aula. Essa é uma das maneiras mais eficientes de trabalhar a educação especial.

Por outro lado, é importante deixar claro, que o professor não é responsável por fazer um diagnósticos de seus alunos para determinar se ele tem ou não alguma necessidade especial, essa é função dos pais. O professor tem a função de identificar a melhor forma para facilitar o processo de aprendizagem desse aluno. Isso sim é trabalhar a educação especial.

Confira a seguir, todas as informações acerca da educação especial!
Veja o texto completo no Canal do Ensino 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!