27 de nov de 2017

Startup Weekend premia ideias inovadoras em Feira de Santana

Evento fez parte da programação da Semana Global do Empreendedorismo, encerrada neste domingo, 26

Vívian Rodrigues

Criar uma startup “do zero” em 54 horas. Esse foi o desafio proposto pelo Startup Weekend, evento que encerrou a Semana Global do Empreendedorismo na noite deste domingo, 26, em Feira de Santana. Em sua segunda edição local, o SW reuniu cerca de 90 participantes, entre estudantes, empresários, professores e entusiastas na área, todos envolvidos no processo de desenvolver e validar ideias. O evento, realizado na Faculdade Pitágoras, contou com o apoio do Sebrae.

Foram três dias de atividades intensas. De início, na sexta-feira, 24, em um clima de integração inspirador e descontraído, os participantes foram reunidos para a apresentação de algumas ideias e formação de equipes, sob acompanhamento do facilitador Edson Mackeenzy, do Rio de Janeiro. No sábado, 25, e no domingo, 26, eles tiveram acesso a sessões de mentoria e capacitações, para transformar ideias em negócios, auxiliando nas etapas de implementação do projeto, desde a validação do problema até o protótipo (MVP). Por fim, pitchs dos projetos e produtos foram apresentados aos jurados, para que fosse feita a escolha e premiação das equipes vencedoras, com maior potencial de negócio e escalabilidade. Ao todo, foram apresentadas 12 ideias. Muitos projetos já estão em funcionamento.

Com menção honrosa em reconhecimento à proposta, foi escolhida a plataforma Treine.Cmg, conectando pessoas que querem malhar na academia juntas. Em 3º lugar, ficou o programa de cashback (reembolso) Moneyrang. Na 2ª colocação, ficou o projeto Agroupe, que conecta pequenos e médios agricultores a fornecedores e prestadores de serviço do setor. O 1º lugar foi para o projeto Conecta, voltado para conexão entre participantes de eventos.

Para Pedro Nery, um dos organizadores do evento, o Startup Weekend cumpriu o objetivo de impactar a comunidade e inspirar mudanças na vida das pessoas. Os três dias reuniram um público heterogêneo, com participantes entre 15 e 45 anos, todos motivados a empreender e inovar. “Estamos muito satisfeitos com o resultado do evento. E os participantes estão muito felizes”, afirmou.

É o que confirma Natália Brito, integrante da equipe vencedora. “Eu achei maravilhoso e com certeza estarei aqui ano que vem. É fantástico, e aqui não importa se você ganha ou perde, mas, sim, sentir as 54 horas. E nós iremos continuar com a ideia”, revelou.

Os estudantes Joanna Carvalho, Ruan Duarte e Vanessa Fialho saíram de Salvador para participar do SW e validar seu projeto. Criadores da solução multiplataforma BayMed, que conecta pessoas de baixa renda a médicos credenciados, eles também aprovaram o evento. “Foi uma experiência incrível, diferente de tudo que a gente já viveu. Muitos momentos de stress e de autoconhecimento com total imersão”, revelaram.

Para Isailton Reis, gerente regional do Sebrae em Feira de Santana e um dos julgadores dos pitchs, a Semana Global foi encerrada com chave de ouro através do Startup Weekend. “Os jovens participantes vão ainda amadurecer do ponto de vista da prática empreendedora, mas já mostram que possuem ideias muito importantes e que certamente mobilizam a sociedade”, pontuou. Segundo Isailton, o evento ratifica a construção de um ecossistema empreendedor.

Ele ressalta, ainda, a importância da participação do conjunto de entidades envolvidas no programa Feira Empreende na Semana Global, que abraçaram a causa e fizeram eventos de muito valor. “Para mim, esse é um dos maiores resultados, porque isso deixa sementes para um conjunto de instituições fomentarem o desenvolvimento do empreendedorismo no município. Isso é que vai fazer diferença”, conclui.


Fonte: Agência Sebrae de Notícias Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!