9 de out de 2017

E ao recitar Patativa do Assaré entenderas o que é vida Severina

Ilustração – “Morte e Vida Severina” do Mestre cartunista Miguel Falcão. 


Mote – Poeta Carlos Silva
Glosa – Nivaldo CruzCredo


A graxa da carne do sol frita
Despejada na farofa d'água
E a água da boca que deságua,
Ao ver a comida favorita,
E a vida fica até mais bonita
Diminui a aridez nordestina,
Que faz sofrer menino e menina,
Só vindo cá pra saber como é,
E ao recitar Patativa do Assaré
Entenderás o que e vida Severina.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui