7 de set de 2017

A saga por uma cadeira para o segmento da dança no Conselho Municipal de Cultura de Feira


Nesse sábado ocorrerá a eleição para o Conselho Municipal de Cultura de Feira de Santana. O Fórum permanente de Cultura criou uma campanha maravilhosa com a Hashtag #BoraOcuparOconselho! 

A campanha seria perfeita, salvo por um pequeno detalhe, A DANÇA não está presente. E sabe o porquê de isso acontecer? Porque a Dança permanece sem uma cadeira dentro do Conselho de Cultura de Feira de Santana!! É um tremendo contrassenso se ousar falar em cultura sem que se dê a importância e a visibilidade que esse segmento artístico deveria ter! Agora, nesse ponto, creio que cabe uma pequena retrospectiva, a fim de que a comunidade em geral entenda os caminhos que trilhamos até aqui.

Se você não participou da Conferência Municipal de Cultura de 2013, você não presenciou a articulação e as reivindicações que os artistas da dança e de mais dois outros segmentos, que também estavam excluídos do conselho, efetuaram naquela Conferência. Foi uma coisa linda de se ver, nós fizemos nossa voz ser ouvida e em votação durante a plenária, na presença do então secretário Jailton e de toda a classe artística presente, definiu-se que naquele momento seria feita a votação para 3 novas cadeiras que seriam posteriormente regularizadas mediante alteração da Lei Municipal que dá origem ao Conselho. Dentre essas cadeiras estava incluída uma cadeira para a Dança.

Acontece que apesar de todos os esforços, esta reivindicação não foi atendida e com a mudança do secretário de Cultura, os três representantes “Ex-Oficio”dessas cadeiras pararam de ser convocados para as reuniões do Conselho e quando nos fazíamos presentes, não possuíamos direito de fala. Participei ativamente da construção do Plano Municipal de Cultura e até então o acordo posto era de que ao final da construção do Plano, juntamente com ele seria encaminhado para votação na Câmara a proposta de alteração de Lei.

 A proposta foi encaminhada, mas teve a sua alteração barrada devido à ignorância de um dos vereadores da Câmara, que teve sérios problemas de compreensão e interpretação do texto da referida Lei. O atual secretário de Cultura, Edson Felloni Borges, já se pronunciou publicamente demonstrando estar disposto a intervir de maneira a sensibilizar os vereadores a aprovarem a proposta de alteração apresentada. Contudo, apenas falar não é o suficiente. Espero que realmente exista a vontade política de fazer essa alteração acontecer.

E AGORA?


Antonia Lyara, candidata à cadeira de cultura popular

Antônia Lyara, que faz parte da Trupe Mandhala, estará se  inscrevendo para a cadeira de cultura popular, tentando fazer com que assim a dança não deixe de demarcar um espaço. Mas para que isso aconteça precisamos de representatividade em votos e presença.

COMO VOTAR


Para se inscrever para votar são necessários os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência atual e currículo artístico.


Ficha de inscrição (baixe aqui:  http://www.feiradesantana.ba.gov.br/secretarias.asp?id=8)
As inscrições estão acontecendo presencialmente na SECEL, ou por e-mail através do conselhodeculturafsa@gmail.com, ou ainda no sábado até as 11 da manhã no Maestro Miro.

Isto posto, se você é um artista da Dança, se você atua de alguma maneira na disseminação e produção desse segmento artístico, eu convoco você a colar conosco nessa campanha. Se inscrevam e compareçam no Sábado, no Centro de Cultura Maestro Miro para mostramos que a dança em Feira de Santana existe e precisa ser Respeitada!

#AdançaExigeRespeito  #AdançaQuerOcupar











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!