23 de ago de 2017

Músico suíço Hans Koch realiza workshop na Funceb

Destaque no circuito europeu de jazz e improvisação, o músico suíço Hans Koch encerra, em Salvador, uma turnê que passa pela Argentina, Chile e Brasil, realizando o workshop ‘Regência na Improvisação Livre’, nesta sexta-feira (25), às 16h30, na sede do Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural (Funceb), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (Secult). O acesso é gratuito para alunos do CFA e Rumpillezinho.

Dando continuidade à escala na capital baiana, Hans Koch se apresenta no sábado (26), a partir das 20h, no Teatro do Goethe-Institut (Icba), no Corredor da Vitória. O evento integra o ‘Ciclo de Música Contemporânea’, produzido pelo LowFi – Processos Criativos. Na ocasião, o artista estará acompanhado por Thomas Rohrer (rabeca, sax soprano) e Antonio Panda Gianfratti (percussão). Coordenado pelo músico e educador baiano Edbrass Brasil, o LowFi atua desde 2013, promovendo ações de intercâmbio entre artistas locais e de outras partes do Brasil e do mundo, com enfoque na música experimental e sua relação com outras linguagens artísticas. 

músico suíço Hans Koch
Foto: Schindelbeck

Hans Koch começou a carreira como músico de orquestra clássica. Depois de sete anos, desistiu do gênero para estudar jazz e improvisação. Hoje é um dos mais inovadores músicos de improvisação na Europa. Desde 1980, além da cooperação regular com Martin Schütz, tocava e gravava discos com músicos famosos de jazz como Cecil Taylor e Paul Bley, e nomes da improvisação e jazz livre, como os ingleses Fred Frith, Barry Guy, Phil Minton, os americanos Butch Morris, Andrew Cyrille e Shelley Hirsch.

A música de Hans Koch não conhece fronteiras. Ele trabalhava com percussionistas cubanos, DJs e computadores, e compôs músicas para peças e filmes. Além disso, recebeu várias bolsas, subsídios de trabalho, comissões, prêmios, e participou da gravação do Prêmio Cultura da cidade de Biel, na Suíça, em 1986 e 2002; o Music PrizeBerner e o prêmio de música filme Bernese. Sua discografia própria e a participação em gravações estão em mais de 80 discos. No seu site estão disponíveis mais informações. Saiba mais sobre o evento no site da Funceb.

Fonte: Ascom/Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui

FNO

Sua marca no melhor lugar!