Obras de Carolina Maria de Jesus:

Eu denomino que a favela é o quarto de despejo de uma cidade. Nós, os pobres, somos os trastes velhos. A metáfora é forte e só poderia ser construída dessa forma, em primeira pessoa, por alguém que viveu essa condição. Relatos como este foram descobertos no final da década de 1950 nos diários da escritora Carolina Maria de Jesus (1914-1977). Moradora da favela do Canindé, zona norte de São Paulo, ela trabalhava como catadora e registrava o cotidiano da comunidade em cadernos que encontrava no lixo. Ela é considerada uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do Brasil.
1960 – Quarto de despejo – Carolina Maria de Jesus
Download – JESUS, Carolina Maria de. Quarto de despejo
1961 – Casa de Alvenaria – Carolina Maria de Jesus
Download – Casa de Alvenaria – Carolina Maria de Jesus
1963 – Pedaços de Fome – Carolina Maria de Jesus
Download – Pedaços de Fome – Carolina Maria de Jesus
1963 – Proverbios – Carolina Maria de Jesus

Download – Proverbios – Carolina Maria de Jesus

1986 – Diário de Bitita – Carolina Maria de Jesus

Download – Diário de Bitita – Carolina Maria de Jesus

1996 – Antologia Pessoal

Download – Antologia Pessoal


Fonte: Artigo 157